01/09/2010

FAB realiza primeiro voo com bombas inteligentes no Brasil


(Da redação, 1º de setembro de 2010)
Os Pilotos de Provas do Grupo Especial de Ensaio em Vôo (GEEV) da Força Aérea Brasileira (FAB) iniciaram campanha de testes com bombas inteligentes guiadas a laser. O primeiro voo aconteceu no dia 26 de agosto, com o emprego de uma aeronave A-1A.
"No ambiente da guerra moderna, é um salto operacional significativo", afirma o piloto de provas do GEEV que realizou o primeiro voo, Capitão-Aviador Diogo Silva Castilho.

Poucos países tem capacidade tecnológica de empregar esse tipo de armamento, que é mais eficaz, diminui o risco de perda de aeronaves e pilotos porque permite que o lançamento a grande altitude e distância do alvo. Ao mesmo tempo, reduz a possibilidade de danos colaterais nas proximidades dos alvos militares.
A aeronave A-1 voou equipada com mísseis, tanques subalares, "pod designador laser" e duas bombas de 460 kg cada, capazes de atingir com precisão um alvo iluminado por laser através de guiamento.

A FAB já possui em seu inventário os sistemas de designação laser Rafael Litening 3, que inclusive foram empregados durante a Operação Laçador pelos jatos de combate Embraer AMX A-1.

Fonte: Revista Asas

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário