15/10/2010

Projeto vai preparar os aeroportos para a Copa de 2014

da Redação
Pensando na Copa do Mundo de Futebol de 2014, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) vão fazer um levantamento detalhado sobre a infraestrutura dos aeroportos nas regiões de interesse turístico. A solicitação foi feita na quinta-feira (14/10) pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, durante reunião com os representantes do setor de aviação civil.

O estudo, que deve ficar pronto em 15 dias, pretende quantificar de investimentos necessários. Segundo Jobim, a oferta deverá atender à demanda com uma folga de 10%. Dessa forma, haverá margem para acomodar eventos inesperados.

“A conclusão do estudo é apenas o começo de um projeto maior que visa viabilizar os recursos necessários para a adequação proposta, bem como uma parceria para a qualificação dos agentes públicos estaduais e municipais no encaminhamento dos projetos necessários para a viabilização destes recursos”, disse o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional (Abetar), Lazaro Chryssafidis.

Entre as medidas administrativas que serão estudadas, está o uso de slots (autorizações para pouso e decolagem) em horários vagos para receber voos fretados (voos charter). A Anac apurou que na África do Sul houve um brutal aumento de voos charter.


O projeto vai incluir também o mapeamento de aeroportos alternativos para que, em caso de lotação esgotada em aeroportos que recebem voos da aviação geral, o tráfego possa ser desviado para locais menos demandados.


De acordo com Jobim, bases aéreas da Força Aérea Brasileira devem receber voos de delegações esportivas e de autoridades, desafogando os aeroportos comerciais. "Vamos precisar de aeroportos alternativos, não estou falando de aeroportos só da Infraero. Tem aeroportos alternativos que são da Força Aérea, outros que são dos estados e outros, dos municípios. É necessária uma estrutura de contingência para retirada rápida desse avião e liberação de pista".

No próximo dia 25 haverá uma outra reunião entre o diretor da ANAC e os representantes da Câmara Técnica de Infraestrutura Aeroportuária.


15/10/2010

Fonte: Revista Aero Magazine

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário