19/10/2010

Expresso Aeroporto


19/10/2010

Governo paulista abandona projeto de trem rápido que ligaria Cumbica ao centro da capital do Estado

da Redação
O governo do Estado de São Paulo decidiu abandonar o projeto de uma linha expressa de trem que ligaria o centro da capital ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O governador Alberto Goldman (PSDB) reconheceu nessa segunda-feira (18/10) que não houve interesse da iniciativa privada no Expresso Aeroporto, que operaria no modelo de Parceria Público-Privada (PPP).

Goldman afirmou que o atraso na construção do terceiro terminal de passageiros do aeroporto inviabilizou comercialmente a exploração da nova linha de trem. O governador lembrou que o terceiro terminal aumentaria a capacidade anual de passageiros do aeroporto de 18 milhões para pouco mais de 30 milhões. Segundo ele, este aumento no número de passageiros seria fundamental para garantir a lucratividade do Expresso Aeroporto.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) rebateu as afirmações do governador e informou que a construção do novo terminal está em andamento. A Infraero afirma que a primeira fase das obras vai começar em janeiro e que reservou área no empreendimento para a construção da estação ferroviária. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Revista Aero Magazine

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário