13/07/2010

Fisco boliviano ameaça confiscar bens da AeroSur


O Serviço de Impostos Nacionais da Bolívia (SIN) anunciou através de seu presidente, Roberto Ugarte, que a companhia aérea AeroSur poderá ter bens confiscados pelo não pagamento de impostos referentes ao período compreendido entre Junho de 2003 e Maio de 2005, informou o jornal La Prensa.

Segundo Ugarte a AeroSur tinha até o último sábado (10/07) para apresentar documentação comprovando o pagamento de uma dívida avaliada em US$ 45,5 milhões, o que acabou não acontecendo.
O presidente da companhia, Humberto Roca, explicou que documentos referentes à contabilidade não foram entregues simplesmente por serem públicos e, portanto, de fácil acesso.
Sobre a acusação do fisco, o executivo não negou a dívida, entretanto ressaltou que o Estado também está em débito com a empresa em montante de aproximadamente US$ 125,3 milhões, motivo pelo qual pretende solicitar um diálogo com o Governo para negociar uma solução envolvendo as duas dívidas.

Foto: Frederico Cavalcante

Fonte: Portal CR

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário